Treinador de Djokovic está “muito preocupado” com a lesão do sérvio

Por José Morgado - Março 3, 2021
djokovic-lesao
Foto: EPA

Marian Vajda, treinador de Novak Djokovic que não esteve com o sérvio em Melbourne para o Australian Open, mostrou esta quarta-feira muitas preocupações em torno da lesão abdominal que o seu tenista contraiu na Austrália, mas que acabou por não o impedir de vencer o primeiro Grand Slam de 2021. O eslovaco está apreensivo para o que vão ser os próximos meses de Djokovic.

“Temos de analisar bem o que podemos fazer em termos de calendário. Estou muito preocupado com a lesão dele e a ideia que temos é de reduzir o número de torneios este ano. A saúde é o mais importante. O Novak está no Dubai e eu daqui a uns dias vou viajar para lá e conversar com ele cara a cara. Não sei quando poderei voltar a acompanhá-lo em torneio, mas é certo que vou fazê-lo em Roland Garros”, assumiu Vajda numa interessante entrevista ao jornal sérvio ‘Kurir’.

Vajda lamentou ainda não ter estado em Melbourne, onde o seu jogador somou o 18.º título de Grand Slam. “Tive muita pena de não estar em Melbourne. Nunca mais me vou esquecer de 2008, quando ele ganhou lá pela primeira vez. Estive presente em quase todos os sucessos dele e não ter podido ir desta vez deu-me muita raiva”.

José Morgado
Jornalista do Jornal Record e Comentador Sport TV. Ténis 24/7.