Tipsarevic defende Djokovic: «Outros Presidentes do Conselho não mostraram nem 10% do interesse dele»

Por Nuno Chaves - Maio 1, 2019

Em 2019, o Conselho de Jogadores tem estado fortemente debaixo de fogo. Nos primeiros meses do ano, esta entidade, liderada por Novak Djokovic, anunciou a não renovação do contrato de Chris Kermode, Presidente do ATP.

Alguns jogadores mostraram-se a favor, outros contra (Roger FedererRafa Nadal e Stan Wawrinka são os principais casos) mas se há alguém que defende as decisões do sérvio é… o compatriota Janko Tipsarevic. O antigo top 10 mundial deixou muitos elogios a Nole em toda a sua produtividade neste cargo.

“Uma das coisas que atualmente tem um impacto negativo é o seu rendimento enquanto Presidente do Conselho de Jogadores. O Novak odeia ser visto como o mau rapaz e depois da saída do Kermode foi essa a imagem passada por parte da imprensa”, admitiu Tipsarevic.

“Ele está a levar este papel demasiado a sério. No passado, sem dizer nomes, existiam jogadores que ocupavam este lugar só para serem Presidentes e nem sequer se interessavam em 10% do que o Novak faz”.

Tipsarevic até deu um exemplo prático. No Open da Austrália ele estava a falar com os jogadores sobre o porquê do Court 17 ser mais rápido que o Central e eu pensava: ‘O que estás a fazer? Devias ocupar-te com outras coisas, especialmente nesta fase da carreira’. Estava um pouco decepcionado porque estava a querer fazer bem ao ténis”, concluiu no ‘Tennis Podcast’.

Nuno Chaves
Jornalista na TVI; Licenciado em Ciências da Comunicação na UAL; Ténis sempre, mas sempre em primeiro lugar.