Thiem recusa assumir-se como principal candidato a Roland Garros: «Ainda falta muito para Paris»

Por Nuno Chaves - 28 Abril, 2019

Dominic Thiem conquistou este domingo o ATP 500 de Barcelona, ao bater na grande final o russo Daniil Medvedev. O austríaco terminou uma semana onde se apresentou em grande forma e onde voltou a mostrar ser um claro candidato à conquista de Roland Garros.

Ainda assim, o número cinco mundial recusa assumir-se como o principal candidato. “Não tenho a mente posta em Roland Garros. É um torneio que adoro e onde gostava de vencer, mas ainda falta muito para Paris. Há que ir torneio a torneio e ir ganhando ritmo”, admitiu em conferência de imprensa.

Thiem, apesar disso, reconhece que este troféu abre boas perspetivas para o futuro. “Um título como este dá sempre muita confiança, por isso, vou com boas sensações e a jogar bem em Madrid, um torneio que se adapta muito bem ao meu estilo de jogo mas agora tenho de começar do zero e esquecer-me disto”, frisou o tenista de 25 anos.

Nuno Chaves
Jornalista na TVI; Licenciado em Ciências da Comunicação na UAL; Ténis sempre, mas sempre em primeiro lugar.