Thiem lembra críticas por não querer ajudar tenistas: «Não mudo de opinião»

Por Tiago Ferraz - Julho 22, 2020
Dominic-Thiem
Imagem: Bruno Alencastro/Bola Amarela

O tenista austríaco Dominic Thiem foi bastante criticado por não se mostrar recetivo a ajudar tenistas em dificuldade devido à pandemia de coronavírus e diz que não muda de visão.

“O que eu disse foi que há colegas no circuito Future que não são profissionais a nível de conduta e acho que essas pessoas não merecem qualquer género de apoio, mas claro que há outros que merecem. Nunca vou mudar de opinião”, disse.

Dominic Thiem reitera ainda que vai a jogo no US Open isto depois da organização do Grand Slam norte-americano já ter dado a garantia de que a prova vai ser realizada mesmo depois do ATP de Washington ter sido cancelado nas últimas horas:

“Se o US Open de 2020 for jogado eu estou convicto de que vou participar. É o momento do circuito voltar à normalidade. O ténis deve adaptar-se a esta situação extrema e regressar à normalidade de forma progressiva”, disse.

Tiago Ferraz
Jornalista de formação, apaixonado por literatura, viagens e desporto sem resistir ao jogo e universo dos courts. Iniciou a sua carreira profissional na agência Lusa com uma profícua passagem pela A BolaTV, tendo finalmente alcançado a cadeira que o realiza e entusiasma como redator no Bola Amarela desde abril de 2019. Os sonhos começam quando se agarram as oportunidades.