Struff sai da Taça Davis com confiança em alta: «Posso voltar a ser perigoso em 2022»

Por Bola Amarela - Dezembro 5, 2021

Jan-Lennard Struff bem tentou, mas simplesmente não conseguiu travar o favoritismo de Daniil Medvedev e viu a Rússia confirmar o lugar na final das Davis Cup Finals. A jogar como número um alemão na ausência de Alexander Zverev, o número 51 do ranking ATP lamentou os momentos chave que deixou escapar no embate com o 2.º classificado da hierarquia mundial masculina.

“Comecei a jogar muito bem, a servir muito bem, com serviço-rede, a um bom nível. No 4-4 joguei pior, cometi erros e deixei-o mais confortável. Joguei bem no encontro em geral, mas houve dois detalhes, dois jogos em que não estive bem e ele aproveitou a sua oportunidade”confessou Struff.

Certo é que a participação na Taça Davis, onde somou vitórias contra Cameron Norrie Dennis Novak, tal como perdeu com Novak Djokovic e Medvedev, lhe traz confiança. “Foi um ano um pouco estranho. Tive alguns resultados bons, mas também joguei mau ténis durante algumas semanas. Estou convencido de que posso jogar bem no próximo ano. Se corrigir alguns erros, posso voltar a ser perigoso em 2022”afirmou.

https:\/\/bolamarela.pt//bolamarela.pt//bolamarela.pt/medvedev-impoe-o-favoritismo-e-coloca-a-russia-na-final-da-taca-davis/

Bola Amarela