Sousa: «Nenhum NextGen chegará ao nível de Federer, Nadal ou Djokovic»

Por Bola Amarela - 25 Agosto, 2019
joao-sousa

João Sousa tem defrontado ao longo dos últimos anos boa parte dos jovens craques do ténis mundial. Numa altura em que o ténis continua a ser dominado pelos três do costume, o português de 30 anos tentou explicar a razão.

Não sei se está para durar o domínio. Depende dos jovens também. Mas os três estão muito fortes e mantendo o nível a que estão a jogar vai ser muito difícil vir alguém e tirá-los de onde estão. Penso que vão dominar durante mais alguns anos”,assumiu o vimaranense.

Sousa apontou ainda o nome dos jovens que considera terem mais potencial. “Temos jovens que são muito bons, mas nenhum deles vai estar ao nível de Djokovic, Federer e Nadal. As pessoas estão conscientes disso. Esses três jogadores estão a marcar uma época na história do ténis e vão ficar marcados para sempre. Mas acredito que há jovens que podem marcar a diferença e fazer coisas boas no ténis. O tempo passa, as pessoas vão esquecer um pouco o que se passou e abraçar o que vem, mas o legado desses jogadores ficará marcado para sempre. Zverev e Tsitsipas são os melhores. Sascha está a passar uma fase menos boa mas são dois grandes jogadores que vão continuar a estar lá em cima. Depois dos outros… o Tiafoe vai estar lá em cima e há um miúdo italiano que é muito bom, o Sinner, vai ser muito forte também. Estão a chegar muitos miúdos com um estilo de jogo diferente, pancadas fortes, que representam uma nova dimensão e uma nova realidade no ténis mundial. O ténis está a mudar e eles são o futuro.”