Soderling e o triunfo sobre Nadal em Roland Garros: «Sentimento incrível»

Por Tiago Ferraz - Junho 2, 2020
nadal-soderling

Robin Soderling conseguiu fazer história ao bater Rafael Nadal no torneio de Roland Garros de 2009 e recordou o que sentiu numa carta escrita ao Behind The Racquet .

“As pessoas lembram-se sempre do momento em que bati Rafael Nadal no Roland Garros em 2009. Claro que foi um sentimento incrível. Acho que nenhuma pessoa no mundo acreditava que eu poderia vencer aquele encontro. Foi difícil porque quando o fui cumprimentar à rede percebi que aquele encontro não era a final e pensei – Okay, não fiques muito feliz, não relaxes muito”, disse.

Robin Soderling revela quais foram os seguintes passos após o triunfo sobre Nadal que, este domingo, fez exatamente 11 anos:

“Eu não queria ser o rapaz que venceu o Rafa mas que depois perdeu na fase final do torneio. Eu queria manter-me focado porque se houver desconcentração, tu perdes o encontro facilmente. Na altura não percebi bem a dimensão do meu feito. Não vai ser fácil ver mais alguém a vencer 12 torneios de Roland Garros novamente”, sublinhou, citado pelo Tennis World.

Robin Sodering acabou por perder somente na final de Roland Garros  de 2009 diante do suíço Roger Federer.

Tiago Ferraz
Jornalista de formação, apaixonado por literatura, viagens e desporto sem resistir ao jogo e universo dos courts. Iniciou a sua carreira profissional na agência Lusa com uma profícua passagem pela A BolaTV, tendo finalmente alcançado a cadeira que o realiza e entusiasma como redator no Bola Amarela desde abril de 2019. Os sonhos começam quando se agarram as oportunidades.