Seppi passa por Schwartzman e volta a uma final quatro anos depois

Por Bola Amarela - 11 Janeiro, 2019

Sem que os favoritismos pré-estabelecidos o fizessem prever, Andreas Seppi é o primeiro jogador e apurar-se para a final do ATP 250 de Sidney, na Austrália. O italiano de 34 anos, 37.º do ranking mundial, bateu o argentino Diego Schwartzman, número 19 mundial e terceiro cabeça-de-série, pelos parciais de 7-6(3) e 6-4, para garantir a primeira final de um torneio ATP quatro anos depois.

Em vésperas do Open da Austrália, Seppi mostra estar em forma, derrotando o segundo top-20 consecutivo, depois de eliminar Stefanos Tsitsipas, primeiro cabeça-de-série, na ronda anterior. O transalpino vai lutar pelo quarto título da carreira, nesta que é a sua primeira final desde o torneio de Halle, em 2015.

O seu adversário na final vai sair do embate de gerações entre Gilles Simon, de 34 anos e 31.º ATP, e Alex de Miñaur, de 19 anos e 29.º ATP.