Se regressar aos singulares, será que Murray está pronto para enfrentar Djokovic, Nadal e Federer?

Por Nuno Chaves - 7 Agosto, 2019

São nos próximos dias que Andy Murray vai decidir se joga, ou não, singulares para a semana em Cincinnati. O britânico, que não joga nesta variante desde o Open da Austrália, tem competido em pares desde junho mas garante estar praticamente pronto dar o passo.

Mas será que o antigo número um mundial estaria pronto para defrontar Roger FedererNovak Djokovic ou Rafa Nadal“Se conseguir regressar a esse nível, será uma das coisas mais difíceis que alguma vez consegui”, afirmou.

Murray voltou a falar do seu estado físico. “Quando vens de uma lesão, tem de existir uma calma progressão. Esta semana podia ter jogado um encontro de três sets em singulares. Mas existe uma diferença entre fazer uma vez ou, potencialmente, cinco ou seis dias”, referiu em conferência de imprensa.

“O corpo precisa de estar preparado para não apanhar outra lesão. Já estou habituado a competir outra vez. O meu corpo está a lidar bem, melhor que a temporada de relva. Estou a levar um dia de cada vez, mas sinto-me melhor semana após semana. Sinto-me mais perto do objetivo”, concluiu.

Nuno Chaves
Jornalista na TVI; Licenciado em Ciências da Comunicação na UAL; Ténis sempre, mas sempre em primeiro lugar.