Schnur pede desculpa a Nadal e Federer após chamá-los de ‘egoístas’

Por José Morgado - Janeiro 16, 2020
borg-federer-nadal

Brayden Schnur, jovem canadiano que é um dos principais cabeças-de-série da fase de qualificação do Australian Open, acusou Roger Federer e Rafael Nadal de serem demasiado egoístas e centrados nas suas próprias carreiras para falarem sobre problemas que afetam tenistas menos cotados,  veio dar o dito por não dito apenas algumas horas depois.

“Percebi ao ver as notícias que vieram a público que as minhas palavras foram retiradas do contexto. O que eu quis explicar é que apesar de o fumo não me ter feito grande diferença a mim, a decisão de se continuar a jogar é a jogar naquelas condições é a prova de que os jogadores precisão de uma união oficial e forte. O que quis dizer foi que Nadal e Federer, jogadores que respeito muito, seriam as pessoas ideais para liderar essa união”, pode ler-se num comunicado divulgado por Schnur nas redes sociais.

Schnur volta ao court na sexta-feira para jogar a segunda ronda do qualifying frente ao belga Kimmer Coppejans.

José Morgado
Jornalista do Jornal Record e Comentador Sport TV. Ténis 24/7.