Safarova volta ao circuito para acompanhar a sobrinha mas ganha em França

Por José Morgado - Outubro 4, 2023
Lucie Safarova of the Czech Republic reacts after her loss to Lesia Tsurenko of Ukraine during their Women’s singles 2015 US Open match at the USTA Billie Jean King National Tennis Center September 1, 2015 in New York. AFP PHOTO / TIMOTHY A. CLARY (Photo credit should read TIMOTHY A. CLARY/AFP/Getty Images)

Lucie Safarova, ex-top 5 mundial, finalista de Roland Garros em singulares em 2015 e múltipla campeã de Majors em pares, voltou a competir esta terça-feira profissionalmente aos 36 anos… e venceu! A checa foi até ao ITF W25 de Reims para acompanhar a sobrinha e competir na variante de pares, mas recebeu um wild card para singulares e… avançou para a segunda ronda.

A esquerdina, vencedora de sete títulos WTA (entre eles o Estoril Open 2005), derrotou na primeira ronda em França a local Yaroslava Bartashevich, número 782 mundial, por 3-6, 6-3, 6-1, numa batalha de 2h30. Foi o seu primeiro encontro desde que retirou em 2018!

Segue-se um confronto diante da alemã Mona Barthel, ex-top 20 mundial. A checa garante, no entanto, que este regresso é apenas pontual…

  • Categorias:
  • WTA
Apaixonei-me pelo ténis na épica final de Roland Garros 2001 entre Jennifer Capriati e a Kim Clijsters e nunca mais larguei uma modalidade que sempre me pareceu muito especial. O amor pelo jornalismo e pelo ténis foram crescendo lado a lado. Entrei para o Bola Amarela em 2008, ainda antes de ir para a faculdade, e o site nunca mais saiu da minha vida. Trabalhei no Record e desde 2018 pode também ouvir-me a comentar tudo sobre a bolinha amarela na Sport TV. Já tive a honra de fazer a cobertura 'in loco' de três dos quatro Grand Slams (só me falta a Austrália!), do ATP Masters 1000 de Madrid, das Davis Cup Finals, muitas eliminatórias portuguesas na competição e, claro, de 13 (!) edições do Estoril Open. Estou a ficar velho... Email: josemorgado@bolamarela.pt