Rublev: «Não quero arranjar desculpas mas estava completamente exausto»

Por Bola Amarela - Abril 18, 2021

Depois de conseguir grandes vitórias a caminho da final de Monte Carlo – com destaque para o triunfo sobre Rafael Nadal -, Andrey Rublev ficou sem gasolina no tanque frente a Stefanos Tsitsipas. O russo caiu no encontro decisivo e confessa que não teve forças para mais, embora recuse justificar o desaire com esse motivo.

“Está claro que ele foi melhor do que eu. Mas se virmos com mais profundidade, a verdade é que estava muito cansado depois de todos os encontros que joguei, completamente exausto. Mas não é uma desculpa. Simplesmente foi melhor do que eu. É um dos melhores tenistas do circuito e um dos que já defrontei mais vezes. Já disputámos um par de finais, um par de encontros importantes. Espero que seja o começo de algo grande”, confessou após o encontro.

Entre a felicidade e a tristeza, Rublev quer agarrar-se ao que de melhor aconteceu nesta semana para encarar o resto da temporada. “Sinto alegria e tristeza. Feliz pela semana que fiz, mas super triste pela final porque não pude mostrar o meu jogo, não pude lutar pela vitória, não pude ganhar. Claro que estou contente com a semana que tive, a vencer grandes jogadores, incluindo um dos melhores da história. Mas claro que, estando em encontros como este, queres ganhar o título. Nem sempre acontece como se quer e não quero arranjar desculpas, mas estava completamente exausto. Stefanos mostrou um grande nível de jogo e foi melhor do que eu”rematou.

Bola Amarela