Rublev ‘agradece’ desistência: «Nadal não jogar Wimbledon favorece-me imenso»

Por Pedro Gonçalo Pinto - Junho 18, 2021

Andrey Rublev desiludiu em Roland Garros, ao ser eliminado na primeira ronda, mas parece de volta à boa forma, já nas meias-finais do ATP 500 de Halle. No entanto, uma das questões feitas ao russo foi sobre… a desistência de Rafael Nadal de Wimbledon, torneio do Grand Slam que está prestes a arrancar. Ora, a verdade é que Rublev ‘agradece’ o facto de o espanhol não ir a Londres.

“Nadal não jogar em Wimbledon favorece-me imenso. Assim posso ser um cabeça-de-série mais alto. Mas há muita gente que é dura de bater em relva. Um Struff ou um Kyrgios na primeira ronda de Wimbledon, por exemplo. Em relva é muito difícil defrontar gente que serve tão bem, pelo que vamos ver o que acontecer”destacou na Alemanha.

Sobre o seu ténis na superfície relvada, Rublev sabe bem para onde quer ir. “Adaptei-me, mas ainda há muitas coisas que posso melhorar. Por exemplo, o slice, o vólei e a movimentação. Também o jogo defensivo porque aqui é diferente, não se pode defender como em terra com bolas altas. Ainda me falta muito. O meu plano é jogar agressivo especialmente em relva”rematou.

Pedro Gonçalo Pinto