Quatro match points! Europa pode fechar Laver Cup mais desequilibrada de sempre já nos pares

Por Pedro Gonçalo Pinto - Setembro 26, 2021

Com a Europa a ter uma clara vantagem de 11-1, o Mundo precisa de um autêntico milagre para vencer a sua primeira Laver Cup. E o desequilíbrio está a ser tão acentuado que as contas podem ficar fechadas logo no primeiro encontro da derradeira jornada de domingo, o que faria com que esta fosse a vitória mais clara nas quatro edições já disputadas. É preciso chegar aos 13 pontos e os triunfos no último dia valem três cada um…

Ora, a jornada arranca às 17 horas (13 horas no Brasil), com Andrey Rublev e Alexander Zverev a terem o primeiro match point quando defrontarem Reilly Opelka e Denis Shapovalov. Caso não levem aí a melhor, a palavra passa para os singulares. Alexander Zverev mede forças com Felix Auger-Aliassime, Daniil Medvedev defronta Diego Schwartzman e Stefanos Tsitsipas encerra a competição frente a John Isner.

O Mundo precisa de vencer cada encontro para forçar o seguinte e eventualmente ter a hipótese de conquistar o torneio no último duelo. Caso as contas fiquem fechadas, já não se joga o derradeiro duelo. Diga-se ainda que aquilo que está a acontecer é bem diferente da última edição disputada, em 2019. Aí, o Mundo liderou por 11-7, antes de Roger Federer fazer o 11-10 e Zverev dar o triunfo num último duelo dramático com Milos Raonic.

Pedro Gonçalo Pinto