Pella: «Não sei se esta pandemia não é o fim da minha carreira»

Por José Morgado - Junho 7, 2020
pella

Guido Pella, argentino de 30 anos que viveu em 2019 a melhor temporada da sua carreira, chegando mesmo a integrar o top 20 mundial, mostrou-se este sábado muito preocupado com a paragem do circuito provocada pelo coronavírus, colocando mesmo em causa a possibilidade de… voltar a jogar.

“Não sei se voltarei a jogar ao nível que tinha. Não sei se quando voltarmos não terei dores e terei de dizer que não quero mais. Nestes momentos tudo é uma incerteza e não sei se esta pandemia não vai marcar o final da minha carreira”, surpreendeu o argentino, que não pega numa raqueta há três meses.

Pella assegura que o ATP, WTA e ITF não têm o poder total sobre o regresso do ténis. “Eles podem dizer o quiserem, mas se o Trump não abre as portas aos cidadãos de certos países para disputarem o US Open… nada feito. Há coisas que são apenas decididas pelos governos e presidentes de cada um dos países”.

Guido acha que o ténis não volta em 2020. “É a minha opinião. Temos múltiplos pontos de contágio: aeroportos, hotéis, contacto com pessoas. Nos aviões vamos todos uns em cima dos outros. É muito complicado que retome como se nada fosse…”

José Morgado
Jornalista do Jornal Record e Comentador Sport TV. Ténis 24/7.