Palavras de quem sabe: Simon fala das dificuldades de defrontar Federer, Nadal e Djokovic

Por Nuno Chaves - Junho 28, 2019
gilles-simon

Gilles Simon, um dos tenistas em destaque nestas semanas de relva (atingiu a final do ATP 500 de Queen’s) comentou o facto de Roger FedererRafa NadalNovak Djokovic continuarem a conquistar, constantemente, os principais torneios do circuito mundial.

O tenista francês reconheceu a superioridade do Big 3. “O Roger, Rafa e Novak continuam a ser melhores que o resto dos jogadores, que todos os jovens que estão aqui. É muito complicado estar bem a cada semana e estar a 100% a toda a hora”, confessou o gaulês.

“Em Paris vimos que o Rafa simplesmente foi o melhor. Talvez os jovens não consigam ganhar antes dos 21 anos porque apesar de jogarem muito bem, a verdadeira pergunta é: ‘Quem vai ganhar o primeiro Grand Slam? Quem vai chegar lá a cima”, questionou o top 30 mundial, em declarações recolhidas pelo Tennis.com.

Simon deixou duas apostas. “O primeiro tenista que ganhar um Major vai ter uma grande vantagem em relação ao outro. Talvez seja o Aliassime. Talvez outro, como Tsitsipas. Há muitos jogadores porque são uma muito, muito boa geração mas continuam a ter estes três rapazes (Federer, Nadal e Djokovic), que são ainda muito difíceis de se bater”, contou.

Ainda assim, Simon acredita que o triunfo dos mais jovens contra o Big 3 pode estar a chegar. “Mesmo que jogues melhor que eles, vai ser difícil fechar o jogo. Vai ser mais fácil para os jovens fazer isso. Quando jogam pela primeira vez contra eles não sabes o que esperar. Nunca perdeste antes. Quando já perdeste três ou quatro vezes é muito complicado ganhar o quinto. Por isso, é algo que pode acontecer: chegar um jovem a jogar o seu melhor ténis e vencer um dos Big 3”, concluiu.

 

Nuno Chaves
Jornalista na TVI; Licenciado em Ciências da Comunicação na UAL; Ténis sempre, mas sempre em primeiro lugar.