Os pontos que os tenistas do top 20 mundial defendem até ao US Open

Por Nuno Chaves - 17 Julho, 2019

Como já é tradição, antes do início de mais uma etapa de preparação para um torneio do Grand Slam (neste caso o último, US Open) o site Punto de Break oferece uma detalhada e pertinente informação em relação aos pontos que os tenistas do top 20 do ranking mundial defendem.

Sem surpresas, Novak Djokovic é quem tem mais a defender:

Novak Djokovic: 3090 pontos – oitavos de final em Toronto; Título em Cincinnati e US Open;

Rafa Nadal: 1720 pontos – Título em Toronto; Meia-final no US Open;

Roger Federer: 780 pontos – Final em Cincinnati e oitavos de final no US Open;

Dominic Thiem: 460 pontos – quartos de final em Hamburgo, primeira ronda em Kitzbuhel, segunda ronda em Toronto e quartos de final no US Open;

Alexander Zverev: 780 pontos – Título em Washington, quartos de final em Toronto, segunda ronda em Cincinnati e terceira ronda no US Open;

Stefanos Tsitsipas: 835 pontos – Meia-final em Washington, final em Toronto, terceira ronda em Cincinnati e segunda ronda no US Open;

Kei Nishikori: 865 pontos – quartos de final em Washington, segunda ronda em Toronto, terceira ronda em Cincinnati e meia-final no US Open;

Karen Khachanov: 540 pontos – primeira ronda em Washington, meia-final em Toronto, oitavos de final em Cincinnati e terceira ronda no US Open;

Fabio Fognini: 590 pontos – Título em Bastad e Los Cabos, oitavos de final em Gstaad, segunda ronda em Toronto e US Open;

Daniil Medvedev: 510 pontos – segunda ronda em Washington, oitavos de final em Toronto, primeira ronda em Cincinnati, título em W. Salem e terceira ronda no US Open;

Kevin Anderson: 630 pontos – meias-finais em Toronto, oitavos de final em Cincinnati e US Open;

Juan Martin Del Potro: 1530 pontos – Final em Los Cabos, quartos de final em Cincinnati e final no US Open;

Roberto Bautista Agut: 160 pontos – Final em Gstaad e primeira ronda no US Open;

Borna Coric: 270 pontos – primeira ronda em Gstaad, segunda ronda em Toronto e Cincinnati e oitavos de final no US Open;

John Isner: 710 pontos – Título em Atlanta, oitavos de final em Toronto, primeira ronda em Cincinnati e quartos de final no US Open;

Nikoloz Basilashvili: 700 pontos – Título em Hamburgo, primeira ronda em Gstaad e W. Salem e oitavos de final no US Open;

Marin Cilic: 900 pontos – quartos de final em Toronto, meias-finais em Cincinnati e quartos de final no US Open;

David Goffin: 640 pontos – quartos de final em Washington, primeira ronda em Toronto, meias-finais em Cincinnati e oitavos de final no US Open;

Gael Monfils: 90 pontos – oitavos de final em Hamburgo e segunda ronda no US Open;

Matteo Berrettini: 345 pontos – oitavos de final em Bastad, título em Gstaad, quartos de final em Kitzbuhel, oitavos de final em W.Salem e primeira ronda no US Open;

Nuno Chaves
Jornalista na TVI; Licenciado em Ciências da Comunicação na UAL; Ténis sempre, mas sempre em primeiro lugar.