OFICIAL: Djokovic teve covid-19 (pela 2.ª vez) e advogados revelam a data

Por Bola Amarela - Janeiro 8, 2022

Os advogados de Novak Djokovic, número um mundial que continua detido num hotel de refugiados e exilados em Melbourne, anunciaram este sábado a razão pela qual o líder ATP tem (ou achava que tinha) uma isenção médica para disputar o Australian Open.

A equipa legal do sérvio de 34 anos está a tentar provar que o tenista recuperou de uma infeção recente da covid-19 (16 de dezembro) e que, por isso, não pôde ser vacinado contra a doença, mesmo sendo público que Djokovic é contra a vacina.

Djokovic terá apresentado esta mesma prova à chegada a Melbourne e a razão não foi aceite pelas autoridades fronteiriças do país, decisão que querem que seja revertida em tribunal, na segunda-feira.

https:\/\/bolamarela.pt//bolamarela.pt//twitter.com/AFP/status/1479718004137283586

Bola Amarela