O adeus de um histórico: Robredo anuncia final da carreira quase aos 40 anos

Por Pedro Gonçalo Pinto - Março 24, 2022

Ashleigh Barty não está sozinho no anúncio do fim de carreira. No entanto, este já era bem mais esperado. Tommy Robredo confirmou que vai colocar um ponto final num percurso marcado por muito sucesso e que o tornou num dos emblemáticos tenistas da armada espanhola desde que se tornou profissional em 1998. 24 anos depois, a dois meses de celebrar o 40.º aniversário, decidiu que o adeus vai acontecer no ATP 500 de Barcelona, onde irá jogar com um wild card.

Robredo chegou a ser número cinco do ranking ATP, mas andava muito longe desses patamares já há algum tempo. Nesta altura ocupa o 343.º posto da hierarquia mundial masculina, tem tentado lutar no circuito Challenger, mas agora chegou o momento de pendurar a raquete depois de ter somado 533 vitórias em quadros principais do ATP Tour, 12 títulos ao mais alto nível, sendo que ainda se sagrou campeão na Taça Davis por três vez e na Hopman Cup por duas.

Entre os 12 troféus alcançados, 11 foram em terra batida e destaca-se o Masters 1000 de Hamburgo em 2006 – na altura ainda conhecido como Masters Series -, sendo que nesse ano se qualificou mesmo para o torneio de final de ano, agora denominado como ATP Finals. Robredo ficou, no entanto, à porta de um grande resultado num Grand Slam, uma vez que somou sete quartos-de-final em torneios do Grand Slam, mas sem nunca ter ultrapassado esse obstáculo.

Pedro Gonçalo Pinto
Comentador Sport TV e ligado ao Jornal Record. Ténis acima de tudo.