Novo encontro suspeito de Kyrgios sob investigação do ATP

Por José Morgado - 9 Outubro, 2018

Pelo terceiro ano consecutivo, Nick Kyrgios fez uma figura pouco desejável durante o seu encontro da primeira ronda do ATP Masters 1000 de Xangai, onde em 2016, por falta de esforço, levou uma das maiores multas da história do circuito ATP e acabou suspenso do resto do ano.

O australiano de 23 anos, atualmente no modesto 38.º posto da classificação, perdeu com o norte-americano Bradley Klahn, por 4-6, 6-4 e 6-3, num embate em que foi evidente a sua falta de foco, concentração e, acima de tudo, intenção de ganhar rumo à segunda ronda.

Damien Dumosois, árbitro do encontro, ainda chegou a alertá-lo para a sua falta de comprometimento no court, mas Kyrgios não só não gostou de ser chamado à atenção como ainda fez pior. No final, ninguém por parte do ATP conseguiu encontrá-lo para falar à imprensa. O australiano está agora a ser investigado pelo circuito e uma nova multa poderá aparecer.

José Morgado
Jornalista do Jornal Record e Comentador Sport TV. Ténis 24/7.