Não quer dizer adeus: Wozniacki faz recuperações incríveis e segue em frente no Australian Open

Por Nuno Chaves - Janeiro 22, 2020

Caroline Wozniacki, campeã do Open da Austrália em 2018 e que joga em Melbourne o último torneio da carreira, voltou a mostrar que ainda se consegue bater frente às melhores jogadoras do mundo.

A dinamarquesa, antiga número um mundial, ultrapassou Dayana Yastremska, um dos grandes destaques do início de 2020 (é 21.ª) e uma das jogadoras do circuito que mais forte bate na bola, com os parciais de 7-5 e 7-5, após 2h02 minutos de jogo.

Este, ainda assim, foi um encontro marcado pelas enormes recuperações de Wozniacki. A atual número 36 do ranking esteve a perder por 1-5 no primeiro set, mas conseguiu dar a volta à adversidade, conquistando os seis jogos seguintes e vencendo o parcial.

Na segunda partida, Yastremska esteve na frente por 3-0, com dois breaks de vantagem, mas voltou a não conseguir manter a distância e Wozniacki impôs-se, novamente, na fase final do set – ucraniana ainda salvou 3 match points a 4-5 e 2 match points a 5-6.

Wozniacki continua, assim, a jogar o último torneio da carreira e terá como próxima adversária Ons Jabeur.

Nuno Chaves
Jornalista na TVI; Licenciado em Ciências da Comunicação na UAL; Ténis sempre, mas sempre em primeiro lugar.