Nagal não tinha dinheiro para viajar pelo circuito e agora fez história ao vencer no Australian Open

Por José Morgado - Janeiro 16, 2024
nagal

Sumit Nagal, de 26 anos, viveu esta terça-feira no court 6 de Melbourne Park um dos momentos mais especiais da sua vida, ao avançar para a segunda ronda do Australian Open. É a sua segunda vitória da carreira em quadros principais de torneios de Grand Slam, três anos e meio depois da anterior, no US Open 2020. O indiano, principal figura do ténis no país em singulares, derrotou na primeira ronda o cazaque Alexander Bublik, 31.º cabeça-de-série, por 6-4, 6-2 e 7-6(5), tornando-se no primeiro indiano desde 1989 a derrotar um cabeça-de-série de um Major em singulares masculinos.

Esta vitória torna-se ainda mais saborosa para Nagal, uma vez que o tenista indiano admitiu publicamente sentir muitas dificuldades para prosseguir com a sua carreira por questões financeiras. Sem qualquer apoio do seu (gigante) país, o indiano admitiu no final de 2023 estar prestes a desistir. “Quando olho para a minha conta bancária, tenho lá tanto agora como no início do ano: 900 euros. O preço anual de viagens e alojamentos em torneios para mim está entre 100 e 120 mil euros. Este ano ganhei 84 mil”, dizia Nagal em setembro.

Com esta vitória, Nagal já garantiu mais de 100 mil euros, ou seja, ganhou mais num dia do que em toda a época passada!

Apaixonei-me pelo ténis na épica final de Roland Garros 2001 entre Jennifer Capriati e a Kim Clijsters e nunca mais larguei uma modalidade que sempre me pareceu muito especial. O amor pelo jornalismo e pelo ténis foram crescendo lado a lado. Entrei para o Bola Amarela em 2008, ainda antes de ir para a faculdade, e o site nunca mais saiu da minha vida. Trabalhei no Record e desde 2018 pode também ouvir-me a comentar tudo sobre a bolinha amarela na Sport TV. Já tive a honra de fazer a cobertura 'in loco' de três dos quatro Grand Slams (só me falta a Austrália!), do ATP Masters 1000 de Madrid, das Davis Cup Finals, muitas eliminatórias portuguesas na competição e, claro, de 13 (!) edições do Estoril Open. Estou a ficar velho... Email: josemorgado@bolamarela.pt