Nadal sobre Federer e Djokovic: «Para as estatísticas, obviamente que não é positivo ter coincidido com eles»

Por Nuno Chaves - Outubro 26, 2019

Rafa Nadal, que regressa ao topo do ranking mundial no próximo dia 4 de novembro, vai jogar o ATP 1000 de Paris-Bercy, depois de ter recuperado da lesão na mão e de se ter casado no passado fim-de-semana.

O espanhol deu uma entrevista ao El Mundo onde falou, claro está, de Roger FedererNovak Djokovic“Não é positivo  ter coincido com esses tenistas. A nível de exigência pessoal é muito bom, mas para as estatísticas obviamente que não”, referiu o maiorquino.

“Somos os que, até agora, mas Grand Slams conquistámos e coincidimos todos na mesma época. É uma geração única e para mim é muito gratificante competir com estas duas lendas do desporto”, admitiu El Toro.

Nadal também falou sobre o facto de continuar nas grandes discussões dos principais torneios aos 33 anos. “Jamais imaginava que estou onde estou aos 33 anos. A filosofia de trabalho continua a ser a mesma. O ir dia a dia e não colocar limites mentais. Cada jogo que faço estou a desfrutar”, contou.

Recorde-se que o ainda número dois mundial está na mesma metade do quadro de Paris que Federer.

 

Nuno Chaves
Jornalista na TVI; Licenciado em Ciências da Comunicação na UAL; Ténis sempre, mas sempre em primeiro lugar.