Melzer arrasa Djokovic: «Ele acha que está tudo contra ele, o que ele diz é uma loucura»

Por José Morgado - Dezembro 3, 2020
djokovic

Jurgen Melzer, top 10 mundial de pares, antigo top 10 de singulares e retirado no final desta temporada, está prestes a despedir-se do Conselho de Jogadores, do qual tem feito parte de forma regular ao longo dos últimos anos, mas não poupa críticas à forma como Novak Djokovic transformou numa questão pessoal as suas desavenças com o ATP Tour, que o levaram a criar uma nova associação de jogadores, a PTPA.

Djokovic, número um mundial, tentou regressar ao Conselho de Jogadores depois de se ter demitido em agosto e lamentou que a sua eleição fosse inviabilizada por uma ‘nova lei’ que, segundo ele, o impede de estar nos dois órgãos ao mesmo tempo. Melzer critica a postura de Nole. “O que ele diz e tem dito é uma autêntica loucura. É impossível que um jogador coexista em dois órgãos como estes, com interesses comuns. Surpreende-me muito que ele se tenha atrevido a dizer que foi aprovada uma lei ‘do dia para a noite’ que impede a acumulação de cargos. Isso não é verdade. É assim desde 2006. Para ele, tudo são conspirações contra ele. Não faz sentido ele gerar este tipo de discurso constante”, disparou o austríaco, que impôs ao sérvio uma das derrotas mais duras da sua carreira, nos quartos-de-final de Roland Garros, em 2010, em declarações ao site ‘Ubitennis’.

jurgen-melzer

José Morgado
Jornalista do Jornal Record e Comentador Sport TV. Ténis 24/7.