Manolo Santana: «Federer é um mestre, um criador de ténis»

Não são todos os dias que temos a possibilidade de ler palavras de Manolo Santana, uma das principais figuras da história do ténis espanhol. A lenda viva, numa entrevista ao jornal Marca, falou sobre a introdução de novas regras como o relógio em court ou a não existência do let.

O espanhol aprova as alterações. “As pessoas que gostam de ténis e gostam de ver encontros com espetáculo, temos como exemplo, o grande mestre que é o Federer, que faz o que faz com a bola. Para mim ele é um criador de ténis”, afirmou.

Relativamente às mudanças: “As regras podem mudar um pouco mas a coisa mais importante é que se mantém a competição que sempre existiu”, atirou Santana.