Longe da Austrália, Verdasco perde no Brasil com jogador fora do top 300

Por José Morgado - Janeiro 13, 2022
Verdasco
Foto: Bruno Alencastro/ Bola Amarela

Fernando Verdasco, ex-top 10 mundial e antigo semifinalista do Australian Open, está este ano muito longe do primeiro Grand Slam de 2022. Sem ranking para entrar diretamente no quadro principal, o madrileno de 38 anos optou por não ir ao qualifying em Melbourne jogou um Challenger no Brasil, mas as coisas não correram nada bem.

Caído para o 170.º posto do ranking ATP, o espanhol perdeu esta quinta-feira na segunda ronda do Challenger de Blumenau com o norte-americano Nicolas Moreno, 348.º colocado da hierarquia masculina, por 7-5 e 6-3, em 1h51.

Verdasco voltará aos torneios ATP durante o Golden Swing da América Latina, nos torneios de Córdoba e Buenos Aires, em fevereiro.

José Morgado
Jornalista do Jornal Record e Comentador Sport TV. Ténis 24/7.