Kyrgios: «Amam-me ou odeiam-me, mas enchem o court onde eu jogo»

Por José Morgado - Outubro 18, 2020
kyrgios

Nick Kyrgios, australiano de 25 anos que tem estado ausente do circuito por não querer competir em tempos de pandemia, deu este domingo uma interessante entrevista à ‘ESPN’ onde admitiu ter perfeita noção de que não é uma figura consensual no ténis mundial. Ainda assim, o tenista de Camberra não tem dúvidas de que o seu impacto é positivo para a modalidade.

“A ideia que tenho é que as pessoas amam-me ou odeiam-me, mas independentemente disso enchem os courts onde eu jogo e as audiências televisivas dos meus encontros também refletem isso. Não gosto de atenção, apenas sou como sou”, disparou o australiano.

Kyrgios assume que… tem saudades de jogar ténis. “Sinto muita falta de competir, mas foi uma decisão que tomei. Tenho-me concentrado em outras coisas na minha vida e em aspetos que tinha descurado nos últimos anos. Quando viajava todas as semanas, a minha vida do circuito ocupava todos os meus pensamentos e não me deixava ver além disso”, confessou Nick, que não joga desde Acapulco, em fevereiro. “Oxalá possamos jogar o Australian Open”.

José Morgado
Jornalista do Jornal Record e Comentador Sport TV. Ténis 24/7.