Krajinovic recorda dificuldades na Sérvia e dispara: «Todos pensam que podemos ser como o Djokovic»

Por Nuno Chaves - Junho 15, 2019

Filip Krajinovic está novamente a viver um momento de forma de grande nível. O tenista sérvio regressou ao top 60 do ranking mundial mas nem sempre foi tudo um mar de rosas. Numa entrevista ao Sport Klub, o jogador falou das dificuldades de se ter sucesso… na Sérvia.

Muito devido… a Novak Djokovic“Neste país as pessoas são muito ambiciosas. Pensam que todos podemos ser como o Novak e isso é impossível porque Djokovic só vai haver um. Tem de ser passo a passo desde o início e não criar demasiada pressão para as crianças. Já estamos a ver tenistas com 13 ou 14 anos a abandonarem o ténis devido a isso”, confessou.

Krajinovic recordou ainda quando abandonou a Sérvia quando era jovem. “Sofri um pouco no início. Aos 14 anos tive de ir para os Estados Unidos depois de não ter sido bem tratado no meu país. Aqui é muito difícil ter sucesso, já que o ténis não tem tanta importância como outros desportos”, reconheceu o 53.º do ranking mundial.

“A minha saída beneficiou-me muito e aprendi coisas que possivelmente não ia aprender se tivesse ficado. Se és um grande tenista tudo é positivo, mas quando perdes dois jogos seguidos, criticam-te e tudo é negativo. Já estamos habituados a este tipo de coisas. Gostava de ter mais apoio nestes casos”, concluiu.

Nuno Chaves
Jornalista na TVI; Licenciado em Ciências da Comunicação na UAL; Ténis sempre, mas sempre em primeiro lugar.