Konta termina carreira aos 30 anos: «Vivi os meus sonhos e fui o que queria ser quando era criança»

Por Bola Amarela - Dezembro 1, 2021

Está desfeito o mistério em torno de Johanna Konta. A tenista britânica tinha desaparecido do circuito e ninguém sabia muito bem o que iria acontecer, mas a própria acabou com todas as dúvidas ao anunciar publicamente que colocou um ponto final na carreira. Aos 30 anos, Konta despede-se de um percurso marcado pelo 4.º lugar do ranking WTA que chegou a ocupar, meias-finais de Australian Open, Roland Garros e Wimbledon e quatro títulos conquistados.

“A minha carreira chegou ao fim e estou tão incrivelmente grata pela carreira que acabou por ser. Tudo indicava que eu não ia conseguir vingar nesta profissão. Mas a minha sorte materializou-se nas pessoas que entraram na minha vida e impactaram a minha existência que transcenderam o ténis”começa por ler-se numa publicação emotiva.

“Através da minha resiliência e da ajuda de outros, vivi os meus sonhos e fui o que queria ser quando era criança. Sou tão sortuda. Estou tão grata”, rematou Konta, que passou por uma reta final extremamente complicada, marcada por lesões e vários problemas com a Covid-19, que a impediram, por exemplo, de disputar o ‘seu’ torneio de Wimbledon.

  • Categorias:
  • WTA
Bola Amarela