Justiça argentina retira prize-money de Buenos Aires ao endividado Del Potro

Por Bola Amarela - Fevereiro 11, 2022

O jornal argentino ‘Clarín’ avança esta sexta-feira que a justiça do país bloqueou o prize-money e seis mil euros que Juan Martín del Potro receberia por ter jogado a primeira ronda do ATP 250 de Buenos Aires.

Um juiz do tribunal do comércio da Argentina, Alberto Alemán, determinou que a empresa organizadora do torneio, a espanhola Tennium, não efetue o pagamento do prémio. O embargo ao pagamento foi solicitado por um credor da empresa criada pelo pai de Del Potro, Daniel.

A decisão confirma as informações de que o tenista esteja a sofrer com dívidas deixadas pelo seu pai, falecido em 2021, depois de ter feito investimentos falhados com o dinheiro que o filho conquistou profissionalmente nos courts e através de patrocínios.

Bola Amarela