Jen Brady, da quarentena rigorosa para os ‘quartos’ em Melbourne

Por José Morgado - Fevereiro 15, 2021
brady

Jennifer Brady, norte-americana de 25 anos que foi uma das 72 jogadoras a ter de passar por uma quarentena rigorosa de 15 dias em Melbourne — sem poder sair do quarto para treinar — qualificou-se esta segunda-feira pela segunda vez na carreira para os quartos-de-final de um torneio de Grand Slam, primeira no Australian Open, depois de no ano passado só ter parado nas meias-finais do US Open diante da eventual campeã da Naomi Osaka.

A norte-americana, 24.ª colocada do ranking mundial, derrotou nos oitavos-de-final da prova a croata Donna Vekic, 33.ª WTA, por 6-1 e 7-5, num encontro marcado por uma lesão feia no joelho da croata, que se viu impedida de lutar a cem por cento pela passagem aos quartos-de-final.

Uma coisa é certa: temos uma tenista norte-americana garantida nas meias-finais, uma vez que Brady vai defrontar a sua amiga e compatriota Jessica Pegula nos quartos-de-final. E há ainda Serena Williams e Shelby Rogers noutras partes do quadro…

José Morgado
Jornalista do Jornal Record e Comentador Sport TV. Ténis 24/7.