Ivanisevic: «Djokovic estava doente em Monte Carlo, não estou preocupado»

Por José Morgado - Abril 14, 2022
djokovic

Goran Ivanisevic, ex-campeão de Wimbledon e treinador de Novak Djokovic, mostrou-se esta quinta-feira muito tranquilo quanto ao momento do seu jogador, eliminado na segunda ronda do ATP Masters 1000 de Monte Carlo, no Mónaco, diante de Alejandro Davidovich Fokina. Ivanisevic assegura que o sérvio de 34 anos não estava a cem por cento.

“Ele disse-me que estava doente e não estava a cem por cento. Não se sentia bem. Ainda assim poderia ter vencido aquele encontro, que foi muito desgastante. Mentalmente não tem sido fácil porque até há algumas semanas achávamos que ele nem sequer poderia jogar em Monte Carlo por causa da covid-19. Não estou muito preocupado com a forma dele porque temos cinco ou seis semanas até Roland Garros, que é a prioridade. No ano passado ele também jogou mal em Monte Carlo e ganhou Roland Garros”, relembrou.

Ivanisevic, que está vacinado, assegura que nunca tentou influenciar Nole a fazer o mesmo. “É a vida dele e uma decisão muito pessoal. Eu respeito todos os seus pensamentos. Ele realmente disse-me que vai arriscar a sua carreira. Eu adoro-o porque ele permanece fiel ao que diz. É a única pessoa no Mundo que fala o que pensa. Muitos dizem uma coisa e depois fazem outra. Ele tem alguns pensamentos desde o início e segue com todos eles. Agora parece que ele poderá jogar muitos torneios. Espero que as coisas mudem na América e ele possa jogar o US Open sem problemas em setembro.”

José Morgado
Jornalista do Jornal Record e Comentador Sport TV. Ténis 24/7.