HISTÓRICO: Bia Maia está na final de pares do Australian Open

Por José Morgado - Janeiro 27, 2022
maia-pares

Beatriz Haddad Maia, número um do Brasil, está a viver em Melbourne uma das melhores semanas da sua carreira profissional e esta quinta-feira fez história ao qualificar-se para a final do Australian Open 2022. Bia é a primeira mulher brasileira a chegar a qualquer tipo de final de Grand Slam desde a Cláudia Monteiro (pares mistos), em 1982.

Ao lado da cazaque Anna Dalinina — que foi chamada para ser a sua parceira de última hora depois da desistência da argentina Nadia Podoroska — a dupla que já havia triunfado no WTA 500 de Sydney, na semana passada, derrotou nas meias-finais as japonesas Shuko Aoyama e Ena Shibahara, uma das melhores duplas do Mundo e segundas cabeças-de-série do torneio, por 6-4, 5-7 e 6-4, num encontro em que estiveram sempre por cima até ao 6-4 e 5-3, altura em que deixaram escapar um match point antes de concederem a recuperação. No terceiro set, recompuseram-se e fizeram a diferença!

Num encontro de nervos, a brasileira que tem passado muito tempo em Portugal a competir foi, sem dúvida, a melhor das quatro jogadoras em campo.

Na final, a brasileira e a cazaque aguardam a dupla vencedora da segunda meia-final, que opõe as campeãs olímpicas e líderes mundiais Katerina Siniakova e Barbora Krejcikova à belga Elise Mertens (campeã em título ao lado de Aryna Sabalenka) e à russa Veronika Kudermetova, a sua nova parceira para a temporada.

José Morgado
Jornalista do Jornal Record e Comentador Sport TV. Ténis 24/7.