‘Hawk Eye’. ATP Gstaad. Berrettini vs Lopez

Por admin - 26 Julho, 2018

Vocês pediram, nós ouvimos! Esta coluna é para aqueles que gostam de por a “moedinha” ou querem ter mais adrenalina a ver um jogo de ténis. De janeiro a novembro, iremos publicar sugestões de apostas a realizar em jogos de ténis, acompanhadas de breves análises. Joguem apenas se forem maiores de idade, com responsabilidade, dado que o vosso capital está em risco e podem perdê-lo.

O Afonso escreve ocasionalmente no Bola Amarela há mais de um ano, fez a sua primeira aposta na mítica final de Wimbledon de 2008 entre Roger Federer e Rafael Nadal e é o fundador do site Betmarkets.io. Em 2017, terminou no top50 da fantasy de ténis, que contou com cerca de 25.000 participantes.

(9h30 PT, 6h30 BR) ATP Gstaad, Quartos de Final – Matteo Berrettini vs Feliciano Lopez

O primeiro duelo dos quartos de final do torneio de Gstaad irá opor dois tenistas de gerações distintas: Berrettini pertence à NextGen, tendo entrado no top100 pela primeira vez este ano, ao passo que Lopez é um tenista já bem conhecido de quem acompanha o circuito.

Berrettini tem-se mostrado bastante consistente no que toca aos resultados, ainda que a sua ascensão tenha sido tardia (apenas começou a jogar torneios de nível ATP com regularidade já com 21/22 anos). Lopez, a passar uma fase menos boa da carreira, fora do top50, não tem acumulado derrotas incompreensíveis, mas também não tem conseguido grandes vitórias.

Lopez tem um jogo muito caraterístico. Apesar de ter “nascido” na terra batida espanhola, piso onde disputou mais encontros no início de carreira, faz bom uso do seu serviço de esquerdino, slices baixos e jogo de rede. Berrettini, sendo um tenista ainda jovem, com pouca experiência ao mais alto nível, nunca venceu um tenista experiente, com créditos reconhecidos (a sua maior vitória terá sido sobre Jack Sock em Wimbledon). Um jogo tricky de Lopez poderá ser uma tarefa árdua para o italiano neste momento.

Em segundo lugar, tal como já foi mencionado na semana passada, este torneio de Gstaad tem caraterísticas muito próprias por ser disputado em plenos Alpes suíços. Estas condições beneficiam claramente o ténis do espanhol, e ainda que Berrettini também tenha um jogo efetivo para este tipo de ambiente, a experiência terá, de novo, um papel preponderante na conjugação condições/caraterísticas.

Feliciano Lopez venceu este torneio em 2016, já fez final e duas meias finais. Num ano menos bom, em que praticamente não tem pontos a defender até ao final da temporada, o espanhol tem em Gstaad uma oportunidade de conseguir um bom resultado e aumentar a confiança para a temporada de pisos mais rápidos que se avizinha.

Sugestão de Aposta: Feliciano Lopez para vencer