Hamburgo quer mudar torneio para setembro após proibição do governo alemão

Por José Morgado - Abril 15, 2020
hamburgo

O ATP 500 de Hamburgo, um dos primeiros torneios agendados para a data pós-suspensão do circuito mundial (13 de julho), não poderá ser realizado com público, pelo menos nos dias para os quais estava agendado. O Governo alemão anunciou esta quarta-feira que todas as aglomerações de pessoas estão proibidas até ao final do mês de agosto, pelo que a única forma de o torneio ser disputado na data original seria à porta fechada.

A organização da prova, liderada pelo antigo top 10 mundial Michael Stich, está a tentar reagendar o evento para setembro, mês para o qual está agora agendado o torneio de Roland Garros, até porque não considera viável disputar a prova sem espectadores.

Recorde-se que o presidente do ATP, Andrea Gaudenzi, planeia colocar uma série de torneios de terra batida em setembro e outubro, depois do US Open, caso o major norte-americano consiga mesmo acontecer nas datas previstas. O georgiano Nikoloz Basilashvili foi o vencedor das últimas duas edições do torneio alemão.

José Morgado
Jornalista do Jornal Record e Comentador Sport TV. Ténis 24/7.