Há um jogador que Roger Federer quer sempre evitar

Por Bola Amarela - 21 Março, 2019
federer

Sem ter por hábito fugir aos desafios que se lhe afiguram, Roger Federer confessou em vésperas de se estrear no Miami Open que, se tivesse voto na matéria na escolha dos seus adversários, havia um em particular que se escusaria, à partida, de confrontar: Stan Wawrinka.

Curiosamente, o jogador com quem mediu forças na terceira ronda do torneio de Indian Wells, na semana passada, e que pode voltar a enfrentar também na terceira eliminatória do Miami Open. “Preferia não tê-lo no quadro (risos)”, disse o suíço de 37 anos aos jornalistas. “Preferia nunca tê-lo na minha parte do quadro, mas tenho de me concentrar na minha primeira ronda e não na segunda”, acrescentou o atual número cinco mundial, isento da primeira ronda, tal como o seu compatriota.

“Mas a verdade é que olhamos sempre para as primeiras rondas, e há probabilidade de nos encontrarmos, vamos ver o que acontece. O ideal seria não jogarmos um contra o outro em torneios seguidos”, reiterou.

Federer venceu 22 dos 25 confrontos com o seu amigo e compatriota, inclusive o da semana passada, no deserto californiano.