Grandes figuras (com quatro top 20 em destaque) abrilhantam fim-de-semana de Taça Davis

Por Pedro Gonçalo Pinto - Setembro 17, 2021
tsitsipas

Com o US Open já no espelho retrovisor, a Taça Davis está de volta este fim-de-semana. Portugal – defronta a Roménia – e Brasil – visita o Líbano – estão em ação no Grupo I, com a possibilidade de garantir um lugar no playoff de acesso às Davis Cup Finals de 2022, mas o interesse não termina aí. É que há grandes figuras que vão abrilhantar este fim-de-semana do ténis por seleções.

A nota de destaque vai para os quatro jogadores do top 20 que vão representar os respetivos países. Stefanos Tsitsipas (3.º ATP) é o mais bem classificado e vai à procura de ajudar a modesta seleção da Grécia a avançar para o playoff de subida ao Grupo I. Para tal precisa de superar a Lituânia de Ricardas Berankis

Por outro lado, os outros três membros do top 20 estão todos nos patamar de Portugal, a tentar um lugar nos qualifiers das Davis Cup Finals. Falamos de Casper Ruud (10.º), que vai defender a Noruega diante do Uzbequistão de Denis Istomin, Diego Schwartzman (15.º), líder da Argentina contra uma Bielorrússia sem jogadores do top 1000, e ainda Cristian Garín (17.º), que irá tentar ajudar o Chile contra a Eslováquia de Alex Molcan.

Regressando Grupo II, onde compete Stefanos Tsitsipas, há ainda nota de destaque para outros nomes muito interessantes. Lloyd Harris (31.º) vai liderar a África do Sul contra a Venezuela, ao passo que os jovens Holger Rune (Dinamarca) e Dominic Stricker (Suíça) irão defrontar, respetivamente, Tailândia e Estónia.

 

Pedro Gonçalo Pinto