Goerges recupera desvantagem e é bicampeã em Auckland

Por Bola Amarela - Janeiro 6, 2019

Ano novo, o mesmo triunfo. Julia Goerges fechou uma semana de sonho em Auckland defendendo o título do ano passado, na prova neozelandesa. Com os parciais de 2-6, 7-5 e 6-1, a jogador a alemão, número 14 do mundo, meteu um travão em Bianca Andreescu, a canadiana que é uma das grandes histórias deste início de 2019, ao chegar à final depois de ter passado pela fase de qualificação.

Goerges viu a número 152 da hierarquia mundial adiantar-se no marcador, mas foi buscar o seu melhor ténis para dar a volta ao resultado e se tornar na primeira jogadora em 15 anos a revalidar o título em Auckland e apenas a terceira a conseguir tal proeza na história do torneios (Patty Fendick (1988-89) e Eleni Daniilidou (2003-04)).

Quanto a Andreescu, que alinhou sete triunfos consecutivos, deixando para trás nomes como Caroline Wozniacki e Venus Williams, sai de Auckland naturalmente satisfeita com o seu desempenho. “É incrível. Joguei o melhor ténis de sempre, esta semana”, disse a canadiana de 18 anos após a final.

Bola Amarela