Frances Tiafoe: «Não estive tão bem no trabalho de pés»

Por admin - 6 Maio, 2018

O norte-americano Frances Tiafoe não foi capaz de impedir João Sousa de realizar o seu sonho de vencer em Portugal e conquistar o título Millennium Estoril Open 2018 mas, ainda assim, não perdeu o sorriso, afinal tem consciência “do quão é importante isto para o João.

“Teria sido algo grande para mim também, se tivesse vencido, mas ele tinha todo o país atrás dele e sentiu-o desde o início da semana. Ele está nos cartazes por todo o lado. Jogou demasiado bem e foi difícil, para mim. Não consegui assentar o meu jogo. Não me senti assim tão bem, não estive tão bem no trabalho de pés. Não joguei como fiz ao longo da semana e ele aproveitou e jogou como quis durante toda a partida. Ele jogou bem do princípio ao fim, só consegui ganhar algumas bolas perto do fim, mas não fui capaz de o pressionar”, reconheceu o norte-americano e 64ª ATP, reconhecendo o total mérito do Conquistador.

Apesar da derrota na final, o jovem natural de Orlando, de 20 anos, ambiciona ainda esta época entrar na elite mundial. “Venci jogadores talentosos esta semana, é o melhor ano da carreira e estou nas nuvens. Queria entrar no top-30 e parece que isso está perto. Já estou numa boa posição, vamos ver o que consigo fazer. “