Fognini: «Murray sempre foi arrogante, nunca nos demos bem»

Por José Morgado - Setembro 18, 2020
murray-fognini

Fabio Fognini fez algumas revelações bem interessantes no seu livro autobiográfico lançado esta semana. Em ‘Warning’, o italiano de 33 anos admite aquilo que já se imaginava: ele e Andy Murray… não são grandes fãs um do outro. E a animosidade vem desde pequenos.

“O Murray sempre foi muito arrogante desde miúdo. Era um jogador de amortis e lobs que gozava com todos os outros. Nunca nos demos bem. Somos dois cabeças quentes e dentro de campo sempre nos desprezámos mutuamente”, disparou num dos capítulos do seu livro.

Sobre tenistas com os quais nem sempre simpatizou, Fognini lembrou o caso do seu (agora) bom amigo Andreas Seppi. “Eu e o Seppi não podíamos ser mais diferentes. Ele é do Tirol, é muito calmo e calado. Estou sempre a gozar com ele porque ele nunca ri, nunca se ofende com nada. Quando falo com ele, sinto sempre que estou a falar com uma parede. Quando ele casou, melhorou bastante, começou a sorrir mais e a jogar melhor.”

José Morgado
Jornalista do Jornal Record e Comentador Sport TV. Ténis 24/7.