Ferrer explica o porquê de terminar a carreira no ATP 1000 de Madrid

Por Nuno Chaves - Abril 19, 2019

Depois de anos e anos a competir ao mais alto nível, David Ferrer termina a carreira no próximo mês de maio. O tenista espanhol joga na próxima semana o ATP 500 de Barcelona e, duas semanas depois, disputa o ATP 1000 de Madrid, a sua última prova.


O antigo top 3 mundial, numa entrevista ao Jornal Marca explicou o porquê de se despedir na competição madrilena. “Escolhi Madrid porque é um Masters 1000, porque o Feliciano Lopez é o diretor e porque Madrid sempre me tratou muito bem”, referiu o tenista de 37 anos.

“As pessoas adoram ténis e tenho muito carinho pela cidade. Jogo em casa, tenho a oportunidade de jogar um Masters 1000 onde estão os melhores jogadores do circuito. Acabar a carreira a jogar um torneio onde estão os melhores é o que mais quero”, concluiu Ferrer.

Nuno Chaves
Jornalista na TVI; Licenciado em Ciências da Comunicação na UAL; Ténis sempre, mas sempre em primeiro lugar.