Federer: «Quando ajudo uma pessoa, sou criticado por não ajudar outras»

Por Patrícia Oliveira - Fevereiro 11, 2020
federer

Roger Federer, número três mundial, voltou a falar sobre a sua colaboração com o Credit Suisse, depois de ter recebido várias críticas nas últimas semanas.

O vinte vezes campeão de Grand Slams admitiu, em entrevista à Tages Anzeiger, que: “Às vezes sou mal utilizado para certos propósitos.”

Afirmando que muitas vezes recebe críticas injustas e que continuará a ajudar as pessoas e o planeta: “Quando ajudo uma pessoa, sou criticado por não ajudar outras. Cheguei a um ponto que tenho de pensar cuidadosamente sobre tudo o que tenho feito. Não consigo estar em todo lado, não posso fazer tudo. Também sou pai e tenista.” 

“Estou ciente de que posso fazer a diferença, pegar no microfone e resolver certas coisas. Mas não posso estar sempre a fazer isso. Sei que posso fazer a diferença com a minha popularidade. Ajudar os outros, o planeta, os animais. Acho bom terem abordado sobre a consciência coletiva. É importante que fazer as coisas certas no momento certo e transmitir a sua mensagem de maneira justa, desde que não ataquem os outros.” – Acrescentou, relembrando a polémica em que esteve envolvido com a jovem ativista, Greta Thunberg.

 

 

Patrícia Oliveira