Federer e mais uma polémica de Kyrgios: «Nem vi, mas ele tem de decidir onde quer jogar»

Roger Federer tentou não dar muita atenção a mais uma polémica a envolver Nick Kyrgios na primeira ronda de Xangai. O suíço de 37 anos assumiu não ter visto o encontro, em que o australiano pareceu pouco… empenhado, e voltou a deixar elogios ao jovem de 23 anos.

“Não vi o encontro, só sei que ele perdeu. Ele tem de decidir onde quer jogar. Tenho pena, porque é alguém com potencial para ganhar todos os grandes títulos, mas não sei se algum dia conseguirá”, admitiu em conferência de imprensa diretamente da China.