Federer e a velocidade dos courts: «Não me importa jogar de dia ou de noite»

Por Nuno Chaves - Janeiro 27, 2020
federer-direita
Foto: EPA

Roger Federer voltou a perder um set mas conseguiu garantir a sua qualificação para os quartos de final do Open da Austrália, após deixar pelo caminho Marton Fucsovics.

Durante este primeiro Major da temporada, o suíço já admitiu que os courts estão um pouco lentos, principalmente em sessão noturna, ainda assim, o número três mundial deixa uma certeza.

“Não me importa jogar de dia ou de noite. Depois de tudo, nos Grand Slams tentas ganhar em qualquer tipo de circunstância. Esta noite esteve fresca e não afetou assim muito o meu jogo”, explicou em conferência.

“É certo que nos últimos dias notei que a velocidade do court à noite era muito mais lenta que em anos anteriores, mas temos de nos habituar a isso. Há que esperar para ver a que horas vou jogar o meu encontro dos quartos de final”, admitiu.

Na luta por um lugar nas meias-finais do Open da Austrália, Roger Federer terá pela frente o norte-americano Tennys Sandgren.

Nuno Chaves
Jornalista na TVI; Licenciado em Ciências da Comunicação na UAL; Ténis sempre, mas sempre em primeiro lugar.