Federer: «Adoro terra batida, lembra-me a minha infância…»

Por José Morgado - 14 Março, 2019

Três anos depois, Roger Federer vai voltar à terra batida. O suíço de 37 anos anunciou em janeiro que queria competir no pó de tijolo e recentemente confirmou que o ATP Masters 1000 de Madrid será um desses eventos. Em declarações em Indian Wells, à margem do torneio californiano — onde já está nos quartos-de-final –, o helvético garantiu que sempre gostou de atuar em terra batida.

“Adoro jogar em terra batida, podes abrir mais os ângulos, fazer coisas diferentes, abrir o court. As pessoas pensam que a terra batida é uma superfície lenta — e de facto pode ser se chover ou se for de noite — mas quando está muito sol e calor pode tornar-se numa superfície muito rápida. É mais rápido fazer serviço/volley ao sol em terra batida do que à noite em piso rápido”, assegurou o suíço, que lembrou ainda a sua infância. “Há muitas formas de ganhar pontos em terra batida. Eu cresci a jogar em terra batida, pelo que cada vez que jogo nesta superfície lembro-me da minha infância”.

Federer vai defrontar o jovem polaco Hubert Hurkacz, de 22 anos, nos quartos-de-final do Masters 1000 de Indian Wells, esta sexta-feira.

José Morgado
Jornalista do Jornal Record e Comentador Sport TV. Ténis 24/7.