Federação Portuguesa suspende investimentos, assegura verbas e acredita em “agosto forte de torneios”

Por Bola Amarela - Abril 3, 2020

Vasco Costa, presidente da Federação Portuguesa de Ténis, falou esta sexta-feira através das redes sociais sobre o momento que vivemos, assegurando que a entidade tem trabalhado juntamente com as autoridades em busca de soluções que atenuem os efeitos deste problema para a comunidade tenística em Portugal.

“Não estamos ainda certos de quanto será possível voltar à nossa vida normal. Tenho acompanhado as medidas de apoio, temos estado em contacto permanente com o IPDJ e com o Governo no sentido de que seja criada uma linha de apoio para o desporto”, confessou durante uma mensagem na página do Instagram da FPT.

O dirigente federativo falou ainda dos torneios entretanto adiado e apontou o mês de agosto para o retomar de alguma normalidade. “Também estamos em contacto com a ITF e Tennis Europe para que seja possível reagendar alguns dos torneios que tivemos de adiar ou suspender. Acreditamos num agosto forte em termos de torneios.”

Vasco Costa revelou algumas das opções em termos de orçamento para que os envolvidos na modalidade possam sofrer o menos possível com esta situação. “Preocupam-nos as medidas de apoio e sabemos que têm de ser fortes para que haja dinamismo no arranque da atividade tenística. Vamos ter de disponibilizar várias verbas e nesse sentido vamos suspender todos os investimentos que tínhamos planeado em infraestruturas, fora aquelas que já estavam iniciadas.”

 

Bola Amarela