Estoril Open tem pedidos de wild cards de “três nomes sonantes”

Por José Morgado - Março 27, 2019

O Millennium Estoril Open confirmou esta quarta-feira através do seu diretor, João Zilhão, que a edição de 2019 volta a ter muitos “nomes sonantes” interessados num wild card para disputar o quadro principal. O empresário assume que tem recebido algumas pressões de empresários, mas vai demorar mais algumas semanas a tomar a decisão de forma a valorizar ao máximo o seu torneio.

“Nas próximas semanas vamos decidir sobre os outros wild cards. Temos três pedidos de nomes muito sonantes mas já só temos dois convites para dar e a gestão é difícil. Os agentes pedem respostas muito rápidas mas não queremos dar. Mas penso que conseguiremos valorizar ainda mais o quadro. Não vou dizer que são top 10 ou não, porque vocês [jornalistas] são bons a adivinhar, mas são nomes muito sonantes”, assegurou, lembrando que o qualifying de 2019 será também mais forte do que nunca devido à extinção do torneio de Istambul.

Zilhão admitiu que hoje em dia é muito mais difícil negociar tenistas para ATP 250. “Antigamente era impensável que tenistas fora do top 10 pedissem cachet e agora não é assim. As coisas mudaram muito e especialmente os tenistas NextGen pedem dinheiro. Muitas vezes não é muito, mas não deixa de ser um cheque”.

José Morgado
Jornalista do Jornal Record e Comentador Sport TV. Ténis 24/7.