Estados Unidos sem medalhas 101 anos depois

Por José Morgado - Julho 30, 2021
sandgren-krajicek doubles

O ténis norte-americano vai sair de uns Jogos Olímpicos de ténis pela primeira vez desde os Jogos de 1920, depois de Tennys Sandgren e Austin Krajicek, últimas esperanças, terem caído no encontro do bronze de pares masculinos frente a uma dupla da Nova Zelândia. Os Estados Unidos são, de longe, o país com maior número de medalhas olímpicas desde o regresso da modalidade ao elenco de provas dos Jogos, que aconteceu em 1988.

Os Estados Unidos viajaram para a capital do Japão sem os seus principais tenistas: Serena Williams, Sofia Kenin, Madison Keys, Taylor Fritz, John Isner, Sebastian Korda e Reilly Opelka optaram todos por não ir — nenhum deles está lesionado –, dificultando assim as ambições de medalhas por parte dos americanos.

 

José Morgado
Jornalista do Jornal Record e Comentador Sport TV. Ténis 24/7.