Duas semanas depois do pesadelo, Bertens já está na sua

Por José Morgado - Junho 15, 2019

Há duas semanas, a holandesa Kiki Bertens, nímero quatro do ranking mundial, chegou a Roland Garros como uma das principais favoritas ao título, mas desistiu doente no início do seu encontro da primeira ronda devido a um problema gástrico. Recompôs-se e está de volta, já apurada para a final do WTA de Rosmalen, o maior torneio feminino do seu país.

Nas meias-finais, Bertens confirmou o seu favoritismo diante da russa Elena Rybakina, por 6-4 e 6-4, num encontro que chegou a ser interrompido pela chuva mas que foi conseguindo controlar mais ou menos de início até ao final.

Na final, que será a terceira de 2019 para Bertens, campeã em São Petersburgo e em Madrid, a holandesa vai defrontar uma especialista da superfície, a norte-americana Alison Riske, que superou numa batalha de três sets outra russa, Veronika Kudermetova, por 6-4, 3-6 e 7-6(5), em mais de duas horas de batalha.

José Morgado
Jornalista do Jornal Record e Comentador Sport TV. Ténis 24/7.