Djokovic terá viajado até Praga para se encontrar com um especialista devido à lesão no cotovelo

Novak Djokovic parece ainda não estar totalmente recuperado da lesão no cotovelo. O tenista sérvio, que esteve ausente do circuito durante 6 meses, mostrou no Open da Austrália que as dores no cotovelo continuam a existir e, como tal, é necessário procurar soluções para se voltar a apresentar ao melhor nível.

De acordo com os meios de comunicação da República Checa, o antigo número 1 mundial viajou até Praga para consultar um especialista neste tipo de lesões. Terá sido o novo treinador de Djokovic, Radek Stepanek, a recomendar a deslocação do sérvio até ao seu país e, ainda que a cirurgia não seja uma carta fora do baralho, a grande prioridade de Nole é realizar um tratamento mais calmo, para que seja possível participar nos Masters 1000 de Indian Wells e Miami.